Saiba mais sobre as cólicas no bebê
Saiba mais sobre as cólicas no bebê

Quem é mãe sabe como as noites em claro são difíceis. Os motivos para o choro intenso dos bebês em certos momentos podem ser diversos: fome, dor, irritação. Mas, a cólica com certeza é um dos principais vilões para o pequeno e deixa os pais em desespero!

Conhecendo mais sobre a cólica:

O que pode deixar as famílias mais tranquilas é que essa cólica costuma desaparecer a partir do terceiro mês de vida do bebê, repentinamente. Ainda não existe uma explicação específica sobre como ela aparece e em geral, é atribuída a uma série de fatores.

Saiba mais sobre as cólicas no bebê

O sistema digestivo do bebê ainda não está formado por completo, assim como o sistema nervoso central, o que leva a crer que são motivos agravantes para a cólica, pois provocam movimentos intestinais descontrolados que causam essa dor.

Ela pode aparecer mais intensamente em certas crianças ou sequer aparecer em outras. Tudo isso está relacionado a fatores biológicos e genéticos. A calma demonstrada pelos pais também é importante para deixar os bebês mais tranquilos e amenizar a dor, ou seja, a forma como a família lida com a questão e como estabelece uma rotina sólida para a criança é essencial.

Saiba mais sobre as cólicas no bebê

Características:

As crises de cólica costumam acontecer no período entre o final da tarde e início da noite. Bebês que mamam no peito apresentam o intestino formado mais rápido do que os outros e isso pode fazer com que sintam menos dor ou ela desapareça mais cedo.

Algumas formas de ajudar o pequeno são: fazer movimentos circulares na barriga do pequeno ou colocar uma bolsa térmica na região, por exemplo. Além disso, o contato da pele com pele pode surtir efeitos positivos.

Saiba mais sobre as cólicas no bebê

Agora, dar de mamar  durante uma crise assim pode ajudar, mas não é indicado se fizer pouco tempo da última amamentação, pois ao chegar ao estômago do bebê, pode causar ainda mais dor. Durante a amamentação, prestar atenção se ele está sugando muito o ar, é importante, pois isso causa os gases e agrava o incômodo. Dar remédios ao bebê só quando recomendados pelos médicos!

O importante é manter a calma e entender que a cólica não é uma doença. Ela é passageira e faz parte de uma fase do bebê.

Foto: Reprodução/ Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here